Doleiro acusa Dilma e Lula de envolvimento no Petrolão

outubro 24, 2014

CAPA-VEJA-SABIA-DE-TUDO

A revista Veja desta semana revela trechos do depoimento do doleiro Alberto Yousseff dando conta de que tanto a presidente Dilma Rousseff quanto o chefe da quadrilha petista, o ex-presidente Lula, sabiam dos desvios de conduta na Petrobras.

— O Planalto sabia de tudo!

— Mas quem no Planalto?, perguntou o delegado.

— Lula e Dilma, respondeu o doleiro.

Vale lembrar, antes que alguns leitores digam “é mentira !”, ou “não dá para acreditar num bandido”, que, se não provar todas as acusações feitas em Delação Premiada, Yousseff perde o direito a todas as benesses conquistadas por sua atitude.

Não consta, porém, que o doleiro, além de corrupto, sofra de problemas mentais.

É evidente que não faria tais acusações se não pudesse provar.

Não há lógica em se expor dessa maneira, conquistar inimigos, sob risco de se tornar o novo “Celso Daniel” do PT, se não para conseguir benefícios jurídicos, que, repito, somente serão concedidos se as denúncias puderem ser comprovadas.

Não há, portanto, razões lógicas para duvidar do depoimento de Yousseff.

E o PT, que possui 90% de sua cúpula condenada e presa pelos mais diversos crimes, treme só de pensar que seu líder mais carismático, depois de escapar da caguetagem a “companheiros” no DOPS, em que era tratado como “barba”, escapar das denúncias de vendas de greve para montadores, escapar da ligação com o trágico destino de Celso Daniel, e ser preservado pelos bandidos do Mensalão, poderá, enfim, pela referida delação, conhecer, seja na Papuda ou em qualquer presídio brasileiro, o habitat que mais faz jus a sua história de vida,política e pessoal.

PÁGINA-DUPLA-VEA

Acordos, mentiras e dissimulações que explodiram a oposição corinthiana

outubro 24, 2014

paulo garcia e irmãos

Recentemente, parte do grupo capitaneado por Paulo Garcia, dono da Kalunga, em reunião tratada como secreta, acenou com acordo para ceder uma das vice-presidências da chapa eleitoral oposicionista ao então pré-candidato Osmar Stabile, com algumas condições a serem respeitadas:

- Roque Citadini não poderia ser o presidente, mas aceitava-se que fosse colocado na condição de vice.

- Departamento de Marketing ficaria sob comando de Edgard Soares.

Dias depois, anteontem, já com a decisão tomada, Garcia encenou uma reunião de definição de candidato na casa de Citadini, com direito a discussões e contra-argumentações, que resultaram na esperada indicação presidencial.

Porém, o final da peça não seguiu o roteiro esperado, implodindo um grupo oposicionista que, após a divulgação dos lamentáveis nomes que compõem a chapa de situação, acreditava estar perto da vitória.

Citadini recusou, não apenas a vice-presidência, mas também qualquer outro cargo que lhe fosse oferecido na gestão, por clara discordância com a composição apresentada, além do evidente ato de traição a que foi submetido.

Há mais de seis meses, Paulo Garcia vem fazendo “jogo-duplo” ou triplo, na disputa.

Para Citadini, dizia que o conselheiro alvinegro era “seu candidato” e que o apoiaria, inclusive financeiramente, na campanha.

Bastava virar as costas para desdizer tudo ao grupo de Stabile, chegando a prometer ao braço direito do candidato, Edgard Soares, que “falaria seriamente com o Roque”, após reclamações de que o mesmo fazia campanha antecipada.

“Não estou apoiando ninguém. Vamos ainda decidir o candidato”, dissimulava Garcia.

Chegou-se a um tempo em que tantas eram as inverdades que ficava difícil saber quem, de fato, estaria sendo enganado.

Depois da reunião em que se definiu a candidatura de Paulo Garcia à presidência do Corinthians, as dúvidas, todas, se dissiparam.

Imóvel que Andres Sanches tentou esconder do TSE está bloqueado pela Receita Federal

outubro 24, 2014

andres pacaembu

O ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, quando efetuou sua obrigatória declaração de bens ao TSE, tomou o cuidado de ocultar um imóvel, localizado à rua Dr. Manoel de Paiva Ramos, nº 138.

Temia que o jornalismo investigativo pudesse, de alguma maneira, provocar-lhe dissabores.

Duas semanas depois, sem alarde, registrou o apartamento no Tribunal Superior Eleitoral, ainda assim, ocultando o “Doutor” antes de Manoel, além da numeração.

Por razões óbvias, o que era para passar despercebido acabou chamando a atenção.

tse declaração

Em 12 de dezembro de 2003, Sanches comprou o referido imóvel da construtora GAFISA, mas, sabe-se lá por quais razões, somente registrou a documentação de “Compra e Venda” quase oito anos depois, em 25 de maio de 2011, pelo valor de R$ 286,9 mil.

No TSE, o valor indicado foi bem maior: R$ 830 mil.

Nesse meio tempo, o agora Deputado Federal pelo PT separou-se de sua esposa, Maria Bernadete Gomes Navarro Sanchez, que, nas tratativas de divórcio passou a ser proprietária do apartamento, local em que ainda mantém residência.

Porém, em 14 de novembro de 2011, após ser flagrado pela Justiça Federal em golpe que prejudicou duas de suas ex-funcionárias e tratou de colocá-lo como proprietário real da ORION EMBALAGENS, empresa de “fachada” utilizada para a prática de ações criminosas, o imóvel foi “Arrolado Judicialmente”, como garantia de ressarcimento das vítimas.

Ou seja, Sanches, além de ocultar o fato do TSE, o fez também de sua ex-esposa, que, somente agora, através do Blog do Paulinho, descobriu que seu apartamento vale tanto quanto a palavra empenhada do ex-marido.

paiva ramos 1

paiva ramos 4

paiva ramos 5

paiva ramos 6

O jeito PT de ser

outubro 24, 2014

luxa dilma

V(W)anderlei(y) Luxemburgo – treinador do Flamengo, condenado criminalmente por falsidade ideológica em Tocantins, flagrado, também por falsidade ideológica, além de sonegação fiscal, na CPI do futebol.

Tática Eleitoral do PT inclui “radical” democracia, aproximação com países da América Latina e ódio aos USA

outubro 23, 2014

PT CAMPING

No 14º Encontro do PT, realizado entre dois e três de maio de 2014, com a presença de milhares de meliantes, distribui-se as diretrizes do partido que deveriam ser utilizadas nas eleições 2014.

Surreais.

Termos como “socialismo RADICALMENTE democrático”, “domínio imperial americano”, e “política externa que confronte os interesses dos Estados Unidos”, absolutamente constrangedores nos dias atuais, mas adequados para doutrinação de imbecilizados, faziam parte do documento.

“Aceleração e radicalização da integração latino-americana e caribenha” eram pregadas, em clara alusão ao “Foro de São Paulo” e todas as suas ramificações.

Quase um sistema islâmico radical de lavagem cerebral, com a troca de Alá por Lulalá, mantendo-se, porém, a massa de manobra, utilizada insanamente para praticar e encobrir as mais variadas ações criminosas.resolução PT

pt 2

CONFIRA NO LINK ABAIXO A ÍNTEGRA DO DOCUMENTO

https://www.pt.org.br/wp-content/uploads/2014/05/14-ENPT-RESOLUCAO-TATICA-ELEITOAL-FINAL-1.pdf

Quem critica amor de Del Nero e a Musa do Bahia está vendo “chifre” em cabeça de cavalo

outubro 23, 2014

carol 2

“Tudo fluiu naturalmente. A gente tem afinidade e as coisas aconteceram. Ele é uma pessoa muito tranquila, madura e fácil de lidar”

“Não posso negar que estamos juntos.  Estou feliz, ele é uma pessoa maravilhosa, estou envolvida e está tudo ótimo”

“Nunca tive relação com homem mais velho, mas também não gosto de mais novos especialmente. Depende da maturidade de cada um. Homem mais velho me dá mais segurança. Os mais novos com que me relacionei antes eram, geralmente, muito inseguros, tinham muito ciúme…”

“Ele tem ciúme, mas é diferente, ele é tranquilo. E eu estou procurando ser supercorreta”

“Ele era solteiro, não peguei namorado de ninguém, ser feliz é um direito das pessoas. Eu respeito e sei que nem todo mundo vai gostar de mim e vai me apoiar, mas eu trabalho com minha imagem, já posei nua, estou acostumada a lidar com a opinião das pessoas. Procuro nem saber. Criticaram Jesus, imagina se não vão me criticar, né?”

(CAROL MUNIZ (28 anos) – musa do Bahia, e suas sinceras declarações de amor e fidelidade ao presidente da CBF, Marco Polo Del Nero (73 anos))

carol 1

EM TEMPO: A Associação dos Detetives Particulares Brasileiros apoia as escolhas amorosas de Marco Polo Del Nero

Oposição do Corinthians erra ao escolher pior caminho para a disputa

outubro 23, 2014

judas

A chapa “Renovação e Transparência”, que tem como candidatos a presidência do Corinthians dois “laranjas”, Roberto “da Nova” Andrade e Jorge “totó” Kalil, além do ex-bicheiro André Negão, recebeu como presente de Natal a escolha do grupo oposicionista pelo nome de Paulo Garcia, mais uma vez, para disputar as eleições do clube.

Um desastre.

O dono da Kalunga atrairá para o debate eleitoral situações de dificil explicação, que envolvem seu nome, algumas gravíssimas, entre elas o fato de ter bancado a campanha de Andres Sanches (PT) a Deputado Federal, com suntuosos R$ 450 mil em doações, mesmo sabedor de suas peripécias, além da declaração de apoio explícita a seu irmão, em postagem de foto no facebook, que é dos mais nocivos empresários com esquemas no Parque São Jorge.

Há quem diga que Garcia teria realizado acordo para não investigar os desvios de conduta de Andres Sanches no Corinthians, atitude que, se comprovada, trata de colocá-lo no mesmo balaio dos que antes combatia.

Outra situação mal esclarecida foram as tratativas entre Garcia e Edgard Soares, que pretende dominar o marketing alvinegro, e também cuidar do “Fielzão”, em caso de vitória dos oposicionistas, que acabaram por minar as intenções de Roque Citadini em participar da disputa.

Citadini abriu mão de se candidatar, sentiu-se traído e sequer aceitará ser vice da chapa, contrariado com os nomes que devem se juntar à campanha de Paulo Garcia.

Prometeu apoio contra o grupo de “Da Nova”, que, de fato, é inqualificável, mas deverá se portar de maneira protocolar.

Fato é que o Corinthians terá, no próximo pleito, duas péssimas opções para gerir uma crise monstruosa, de dinheiro e credibilidade, em que o eleitor estará condenado a se decidir pelo “menos pior”, convenhamos, muito pouco para a grandeza de um clube que desperta tão intensas paixões.

Oposição define Paulo Garcia como candidato a Presidente do Corinthians

outubro 23, 2014

paulo garcia

Foi definido, em reunião realizada na noite de ontem, o nome de Paulo Garcia para disputar a presidência do Corinthians pelo grupo de oposição do clube.

Não se sabe ainda quem serão os vices.

O nome favorito era o de Roque Citadini, que abriu mão da vaga a pedido do dono da Kalunga.

Apesar de impor mais respeito do que a triste composição do grupo situacionista, Garcia, empresário bem sucedido, terá que se posicionar, abertamente, sobre os procedimentos a serem tomados para coibir as ações de seu irmão, Fernando Garcia, que possui diversos jogadores no Corinthians.

Laranjas e ex-bicheiro encabeçam chapa da situação para as eleições do Corinthians

outubro 23, 2014

roberto-andrade.jpgandre-negao1Jorge Kalil

Há de se ter muita coragem para, publicamente, lançar mão de uma chapa política, como a que foi formalizada, ontem, pelo grupo “Renovação e Transparência”, de composição tão elementar, no que diz respeito à aproximação com a criminalidade.

Roberto “da Nova ” Andrade será o candidato a presidente, certamente apoiado por Andres Sanches, mas com dúvidas sobre a adesão de Mario Gobbi.

Os vices beiram o surrealismo: André Negão e Dr. Jorge “Totó” Kalil.

Andrade é vendendor de veículos da Concessionária “Nova”, razão do apelido, sem patrimônio expressivo, nem qualificação administrativa que justifique ocupar o cargo máximo de um clube com a importância do Corinthians.

Pelo contrário, sua utilização como “Laranja” da empresa, comprovada em matéria deste blog, torna, por si, seu nome uma opção absolutamente reprovável.

Sem falar na atuação como diretor de futebol do Corinthians, em que empresários como Carlos Leite e Fernando Garcia deram as cartas, e heranças terríveis, como a contratação de Alexandre Pato, por irrecuperáveis R$ 40 milhões, contribuíram para o caos financeiro alvinegro, pelo qual, aliás, Roberto foi um dos indiciados por crime de Sonegação Fiscal.

Pior ainda é saber que o 1º Vice-Presidente, por imposição de Andres Sanches, é um ex-bicheiro (?), de alcunha André Negão, dono de desmanche de automóveis, que, segundo relatos de gente do Parque São Jorge, nunca hesitou em sujar seus dedos de pólvora.

Ou seja, qualquer “dor de barriga” do presidente, se eleito, colocará o Corinthians nas mãos desse tipo de gente.

Na gestão Sanches, Negão fez de tudo um pouco, inclusive tocar a obra do CT da Ayrton Senna, acusada de superfaturamento, além de envolvimento em transações de jogadores, desde Defederico, até seu próprio filho, agraciado com contrato de cinco anos, estendido para oito, com direito a curtir a Europa sem nem mesmo esquentar o banco de reservas.

Por fim, Dr. Jorge Kalil, que antes de ser “Totó” já era acusado, flagrado em escutas da Polícia Federal, de ser “Laranja” de Carla Dualib, neta do ex-presidente afastado do clube e condenado por diversos crimes.

Prática, aliás, que confessou numas das fitas.

Uma espécie de sabujo, que em determinado momento latiu contra os atuais “companheiros”, mas abanou o rabinho, na sequencia, ao primeiro aceno de ração, sem o constrangimento dos que teimam em não envergar a espinha perante os malfeitores.

Senador Romário pede investigação em empresa parceira do COB em venda de ingressos para Olimpíadas

outubro 23, 2014

romario

Por SENADOR ROMÁRIO

A empresa licitada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) para os Jogos de 2016, a CTS Eventim, é suspeita de corrupção. A companhia está sendo investigada pelo Ministério Público de Munique, na Alemanha, por ter supostamente colocado 52 mil ingressos no mercado negro na Copa de 2006. A acusação é muito semelhante a da quadrilha desmontada pela Polícia Federal durante a Copa do Mundo deste ano, que vendia ingressos para os jogos a preços exorbitantes.

Estranha foi a resposta do Comitê Olímpico Brasileiro ao jornal O Globo: “— Se um dia houver algum problema, vamos analisar. Não podemos falar de hipótese”, disse o presidente Carlos Arthur Nuzman. A empresa é investigada desde 2009, apesar disso, nada foi encontrado pelo COB sobre a CTS Eventim, antes da licitação.

O Comitê ainda respondeu que não há dinheiro público envolvido na licitação. Isso não é resposta que se dê à sociedade, as Olimpíadas terão um custo altíssimo para o Estado do Rio de Janeiro, pago pelos contribuintes, logo, as pessoas têm o direito de participarem dos jogos a preços justos, sem máfia de ingressos.

Gostaria que os órgãos competentes do nosso País se envolvessem nesta investigação, antes que comecem as ilegalidades e os brasileiros sejam prejudicados.

Convocação da Seleção Brasileira: 7 a 1 pra Alemanha

outubro 23, 2014

gilmar

Sentados à mesa utilizada para divulgar a convocação da Seleção Brasileira para os amistoso contra Turquia e Áustria:

Dunga, Gilmar Rinaldi (o), Marin e assemelhados.

7 a 1 pra Alemanha.

Entre os convocados estão: Casemiro (Porto)e dois atacantes do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Um deles, Luiz Adriano, mediano avante alçado ao repentino estrelato após marcar cinco gols numa partida de Champions League.

7 a 1 pra Alemanha.

Confira abaixo a relação completa dos convocados:

Goleiros

Rafael (Napoli)

Neto (Fiorentina)

Diego Alves (Valencia)

Laterais

Danilo (Porto)

Alex Sandro (Porto)

Filipe Luis (Chelsea)

Mário Fernandes (CSKA)

Zagueiros

David Luiz (PSG)

Miranda (Atlético de Madri)

Marquinhos (PSG)

Thiago Silva (PSG)

Meio-campistas

Fernandinho (Manchester City)

Casemiro (Porto)

Firmino (Hoffenheim)

Lucas (PSG)

Luiz Gustavo (Wolfsburg)

Oscar (Chelsea)

Philippe Coutinho (Liverpool)

Rômulo (Spartak Moscou)

Willian (Chelsea)

Atacantes

Luiz Adriano (Shakhtar Donetsk)

Neymar (Barcelona)

Douglas Costa (Shakhtar Donetsk)

O jogo sujo do PT nas pequenas cidades de São Paulo

outubro 23, 2014

14818-pt_mar_d_lama

Manhã de domingo em Rio Grande da Serra, pequena cidade do interior de São Paulo, e um carro de som, com um daqueles marginais barbudos e vestidos de vermelho – cópia do original – começam a gritar, com megafone às mãos:

“Cumpanhero (sic)… eu vim (sic) alerta vocês duma coisa que soube agora pouco… deu na rádio que se o Aécio ganhar as eleições o salário mínimo vai baixar (sic)…”

Mentiras como essa, algumas ainda mais repugnantes, vem sendo repetidas em diversas localidades em que boa parte da população ainda se reúne nas praças, tem pouco acesso à internet e, mal e porcamente, assiste o Jornal Nacional.

Pequenos crimes se comparados ao histórico do partido, mas decisivos para amealhar votos de ignorantes.

Lula fez escola ao iniciar na vida pública mentindo às portas das montadoras, recebendo dinheiro para incitar greves e caguetar companheiros de partido.

EM TEMPO: o jogo sujo atinge também cidades nem tão pequenas assim, como Santo André, em que o Prefeito, com sugestivo nome de Carlos GRANA (PT), gastou o dinheiro do constribuinte para lançar mão de 200 mil panfletos em que pede apoio à eleição de Dilma Rousseff (PT)

carta prefeito Santo André

Andres Sanches mentiu ao TSE sobre empresa no Amazonas

outubro 23, 2014

sanches_thumb.jpg

Em sua declaração de bens ao TSE, o ex-presidente do Corinthians, agora Deputado Federal, Andrés Sanches (PT), dentre tantas fraudes, disse ser dono da SOL EMBALAGENS DA AMAZÔNIA LTDA.

Deu ainda valor de R$ 5 mil aos seus 50% registrados no papel, sendo a outra metade em nome de seu parceiro de “araras” – tantas – o primo José Sanchez Oller.

sol amazonia 1

sol amazonia 2

Porém, no endereço designado como sede da empresa, Rua 24 de maio, nº 220 – sala 105, funciona a empresa ONLINE CERTIFICADORA, com a qual mantivemos contato, no dia de ontem.

online logo

empresa andres amazonas

 

Disse a Sra. Keliane, uma das responsáveis pela Online:

“Estamos neste endereço há cinco anos. Não conhecemos nenhuma SOL. Nunca chegou nada deles aqui. Nem correspondência. Essas pessoas (Andres e Oller) nunca soube deles.”.

“Aqui é um conjunto comercial de lojas pequenas. Nem comporta qualquer empresa de plásticos. Ninguém nunca ouviu falar deles por aqui”.

Na sequencia, conversamos com o responsável pelo Condomínio Rio Negro Center, que garantiu:

“Impossível, essa tal de SOL nunca esteve por aqui. É falsa a afirmação.”

sol amazonia 3

Um mistério a ser esclarecido pelo TSE, que já tem em mãos elementos suficientes para questionar as diversas incongruências da declaração de bens do recém eleito Deputado pelo PT.

Advogado protocola pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT)

outubro 22, 2014

congressopt13

Ontem, terça-feira (21), o advogado Luis Carlos Crema protocolou na Câmara dos Deputados pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), além doutras duas ações, no TSE, requerendo o fechamento do PT e o afastamento da candidata das Eleições 2014.

As acusações são a de que o Governo da petista submeteu o Brasil aos interesses de entidade (Foro de São Paulo) e países estrangeiros.

Foram juntados documentos que comprovam a participação do PT e seus líderes em reuniões que indicam perpetuação no poder de grupos, que, em tese, planejariam dominar politicamente todos os países da America Latina.

O Brasil, inclusive, teria que se submeter às decisões do “colegiado”, em claro comprometimento da Soberania Nacional.

processo pt

imp 1

imp 2

imp 3

Nos links abaixo você confere a integra dos documentos:

PEDIDO DE IMPEACHMENT DE DILMA ROUSSEFF (PT)

Impeachment_da_presidenta_Dilma

PEDIDO DE AFASTAMENTO DE DILMA ROUSSEFF (PT) DAS ELEIÇÕES 2014

afastamento_da_presidenta_Dilma_mandado_de_seguranca

PEDIDO DE FECHAMENTO DO PT

fechamento PT

ATUALIZAÇÃO: O TSE indeferiu, há instantes, o pedido de afastamento da candidata Dilma Rousseff (PT) das eleições 2014. A presidente poderá, portanto, concorrer à reeleição. Os outros pedidos ainda esperam decisão.

Conselheiro do Corinthians, empresário de jogadores, detona Roberto “da Nova” Andrade, candidato a presidente

outubro 22, 2014

roberto-andrade.jpg

Nas últimas semanas publicamos detalhes sobre diversas transações de jogadores do Corinthians com envolvimento do empresário Fernando Garcia, que é também conselheiro do clube.

Todas com anuência do presidente delegado Mario Gobbi e dos então diretores de futebol, Roberto “da Nova” Andrade e Duílio “do bingo”.

Tempos depois o relacionamento de Garcia com Andrade, que será candidato a presidente alvinegro nas próximas eleições, estremeceu, chegando ao extremo do empresário, aos berros, tratar o dirigente como “ladrão”, num dos jogos disputados no “Fielzão”.

“Da Nova” prometeu processá-lo, mas, sabe-se lá por que razão, não o fez.

Ontem, pressionado pelas matérias que dão conta de sua atuação no futebol alvinegro, Fernando Garcia, em entrevista à ESPN Brasil, defendeu-se dizendo que, no caso de Malcom, recebeu percentual do atleta como pagamento de empréstimo realizado para que o clube pudesse comprar o volante Ralf em definitivo.

O empresário afirma que levou calote do Corinthians, e, quando teve a oportunidade de receber o montante, Roberto Andrade escondeu-lhe uma proposta da Fiorentina pelo volante, melando a negociação.

Sobre o assunto, Garcia diz:

“Roberto de Andrade nunca honrou com a palavra. Mais do que isso, sempre escondeu que havia essa proposta. O Duílio [Monteiro Alves, direto adjunto à época] foi pelo menos homem e me mostrou a oferta. O Roberto, esse cidadão não tem honra para ser presidente do Corinthians. Um cidadão desse, vendedor de carro, se atreve a administrar um clube da grandeza do Corinthians, meu time de coração. Um cidadão que não sabe nem vender um carro importado, e quer colocar a bunda dele numa cadeira de um cargo de presidente do Corinthians. Inacreditável aos meus olhos e ao meu coração corintiano, para quem desde pequeno frequenta a arquibancada do Corinthians”.

“Não sei nem se ele é corintiano, nunca vi ele frequentando o Parque São Jorge. Ninguém nunca viu ele. Se você mostrar a foto dele no Parque São Jorge, ninguém sabe quem é. Ele se esconde na barra da calça do Andrés Navarro Sanchez. Ele não é p… nenhuma no Corinthians. É outra invenção ou piada do futebol brasileiro. Por isso que o futebol brasileiro anda nessa draga. Apanhando de 7 a 1″

Temeroso, mas aliviado por, apesar das duras palavras de Fernando Garcia, o motivo de ter sido tratado como “ladrão” ainda não foi revelado, Roberto “da Nova”, procurado pela reportagem da ESPN para se defender, nada respondeu.


%d blogueiros gostam disto: