Posição do blog sobre o Morumbi

Muitas pessoas, levadas pelas inverdades publicadas pela imprensa “oficialista”, no caso do Morumbi, trataram por questionar a posição deste blog com relação ao que pensa sobre o estádio do São Paulo ser a sede paulista do Mundial de 2014.

Entre ofensas e insinuações fantasiosas, fui acusado de trabalhar para que o Corinthians ganhe um Estádio do Governo, motivo pelo qual estaria realizando “campanha” contra o Tricolor.

Evidente, tudo não passa de bobagem.

Quem acompanha este espaço já leu minha posição a respeito.

Sou a FAVOR de que o Morumbi seja sede do Mundial de 2014, desde que possa arcar com a reforma utilizando-se de seus próprios recursos, ou de iniciativa privada.

Serei sempre contra qualquer tentativa de utilização de dinheiro público.

Com relação ao Estádio que estaria sendo oferecido ao Corinthians se, por ventura, o projeto Tricolor fracassar, minha posição é muito clara.

Não aprovo nenhum empreendimento deste porte enquanto o Corinthians estiver sendo gerido pela quadrilha que lá está.

Muito menos este último, que foi apresentado por Edgard Soares – que dispensa apresentações – e seria gerido por gente ligada a Boris Berezovsky.

Acredito ter sido bem claro com relação às minhas opiniões.

73 Respostas to “Posição do blog sobre o Morumbi”

  1. Souza Cruz Says:

    Paulinho, Minas Gerais vai reformar até o Estádio Independência com dinheiro público…

    por que o Morumbi não pode ter algum tipo de “auxílio”..?!?

  2. Morumbi 2014 Says:

    Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa:

    Se tem alguma coisa de que voce NAO pode ser acusado, é estar lutando para que se faca um novo estadio com dinheiro publico e que depois este seja “doado” ao Corintians.

    Quem acompanha este espaco, sabe que voce sempre se posicionou contra a corja da Marginal s/ numero que vem tentado que isso aconteca.

  3. danav Says:

    Paulinho,

    vejo apenas um DEFEITO na posição do blog.

    Ela não contempla todas as hipóteses possíveis.

    Concordo plenamente com vc que o ideal é a construção ou reforma de estádio apenas com recursos privados.

    No entanto, já ficou claro que isso não vai acontecer.

    Aí resta o seguinte dilema:

    1 – Reformar o Morumbi com empréstimos do BNDES

    2- Construir um estádio com recursos governamentais.

    E vc precisa optar entre uma dessas opções, que atualmente são as únicas existentes. Não é possível apenas dizer “não aceito nenhuma dessas”, porque é fugir da realidade.

    Como é certo que a cidade de São Paulo participará da Copa, a posição do Blog do Paulinho precisa optar entre essas alternativas, ainda que elas não sejam as ideais. Nem que seja para optar pela ‘MENOS PIOR’.

    Portanto, deixo minha indagação ao Blog do Paulinho:

    Entre as duas opções (reformar o Morumbi com empréstimos do BNDES e construir um estádio com recursos governamentais), QUAL DELAS O BLOG DO PAULINHO ENTENDER SER A ‘MENOS PIOR’, APESAR DE AMBAS SEREM CONDENÁVEIS POR USAR RECURSOS PÚBLICOS?

  4. danav Says:

    *corrigindo: ‘entende’ e não ‘entendeR’

  5. Máfia Bambi Says:

    O problema é que não se pode falar mal do SPFW que as simpatizantes caem em cima. Apontam os argumentos mais absurdos para proteger o clbe do Jd. Leonor. E, mesmo depois de o SPFW ter usurpado a sede do Germânia e consrtuído o Panetone com dinheiro público, acreditam que a reforma será apenas com dinheiro privado. Triste e vergonhoso.

  6. andre Says:

    olha paulinho, vc só esquece de dizer, que os critérios técnicos ficam em segundo plano, as questões políticas são as importantes tanto para a fifa quanto para o comite organizador da copa este presidido pelo incompetente ricardo teixeira. o maracanã tem diversos problemas, mas que o morumbi, mas não recebe critica nenhuma. aliais nem só ele os estádio de brasilia e bh tem diversos prolemas tambem. em minas o governo está bancando a reforma do estádio independencia do america e um outro no interior do estado para que cruzeiro e atlético não fiquem sem estádio. E a imprensa pelega do meu estado não falada, porque isso é um crime, bancar reforma de estádio particular.

  7. Corinthiano Says:

    Quem foi o imbecil e pertubado que te acusou de tentar ajudar o Corinthians? esse mal elemento merece a forca.

  8. Jefferson Luís Says:

    Cuidado hein Paulinho, do jeito que esses doidos falam baboseiras a seu respeito daqui a pouco os mesmos plantadores ae vão dizer que vc é jornalista oficial do kia hahahahaa

  9. Jefferson Luís Says:

    Ja pensou heheheh perguntam para o Taxinha e o Kia ta tendo contato com alguem do brasil

    Ah sim, esta com um tal jornalista conhecido como Paulinho hehehe

    Cara to brincando abs

  10. Corinthiano Says:

    Uma pequena homenagem ao time da moda internacionalmente super conhecido.

  11. Djalma Filho Says:

    Caro Paulinho,

    sejamos práticos, se o dinheiro da reforma do Morumbi vier por empréstimo de um banco de desenvolvimento público, não é nada mais normal do que isso. Tem que se pensar que apesar de um patrimônio privado, assim como shoppings centers, hotéis, restaurantes, centros de convenções e etc, o estádio é uma catalisador de negócios, empregos e receita para a população, e se pensando em uma instituição com um faturamento anual superior a R$100 mi não é difícil pensar que um financiamento de R$300 ou R$400 mi, tendo como garantia um espaço absolutamente valorizado dentro de uma area absurdamente nobre na capital paulista, não possa ser viabilizado, e até mesmo quitado sem a ajuda de patrocinadores e etc. Hoje o Morumbi ja gera de renda mais do que as migalhas que o timinho da marginal recebe da sobra do patrocinio do Ronaldo. é simples isso. Se o Morumbi vai receber ou não essa abertura eu não sei falar, e como mineiro, sinceramente quero que essa abertura venha pra BH, que é uma cidade incrível e com potencial de crescimento, e acredito que se não fosse pelo comportamento do Aécio fora da política essa abertura seria sim em MG, mas sejamos práticos, São Paulo NÂO precisa de outro estádio. abs

  12. Marcelo Says:

    Uma homenagem ao time regionalmente conhecido. Ou internacionalmente apenas conhecido como o time do Ronaldo

  13. Robert Says:

    Paulinho, faltou um detalhe importante na sua posição sobre o assunto: os defensores do Morumbi a qualquer preço sabem que a soma dos recursos proprios com os de patrocinadores não dá nem para começar a reforma. O projeto depende do BNDES e esse é o ponto: dizem que é emprestimo e não doação mas as experiencias passadas mostram que clube de futebol nunca paga o que deve para o governo. Esse emprestimo vai acabar sendo rolado, adiado, repactuado, empurrado… até prescrever ou ser perdoado. E é só por essa razão que o BNDES exige um banco intermediário, para que haja um banco privado como credor, porque esses não são bonzinhos como o governo. O SP espertamente afirma não querer banco intermediario para economizar juros mas a razão principal não é essa e sim ficar devendo só para o governo. Que presidente da republica deixaria o BNDES executar um time forte e popular como o SP ? Ou seja, no fim, bem lá no fim mesmo, quem vai cobrir o “tapa” que querem dar no white elephant seremos nós, o povo, os contribuintes.

  14. jefferson Luis Says:

    Homenagem ao Corinthiano. Repare q é entrevistada uma são paulina mulher e logo em seguida a legítima representante corinthiana…

  15. Robert Says:

    Oura coisa: porque ter a abertura da copa é tratada como questão de honra por todos em SP ? Por mim pode ir para BH, Brasilia, onde quiserem… vamos nos enfiar em dividas, fazer metrô, ocupar areas publicas, tudo isso para reformar um estadio horroroso, antiquado, apertado, cheio de pontos cegos e para que? Para ser usado em 2 ou 3 partidas de um evento que dura 30 dias? E depois? No funco, beneficios não para SP mas para o SP, o clube. E só. Se é para ter só jogos de 8as de final, porque não reformam o Pacaembu que já é publico, tradicional, lindo, bem localizado… ali temos a FAAP, o museu do futebol e bairros que seriam muito beneficiados com metrô e outras melhorias. E o SP, o clube, poderia reformar seu estádio no dia que tiver recursos (proprios) para isso.

  16. Marcelo Almeiria Says:

    COM O VIBRACALL LIGADO!!!

  17. Roger Aquino Says:

    Uma pergunta que não quer calar. Qual a diferença de uma pessoa jurídica, física ou um clube tomar dinheiro emprestado de um banco como o Bradesco por exemplo ou GANHAR um dinheiro vindo do governo. Certamente voce sabe. Não interessa se os recursos que o banco te oferece são captados por ele (banco) junto a órgão governamental, pois ele banco (no caso Bradesco) sempre vai pagar e é problema dele banco cobrar o tomador do empréstimo. Alias este puta monte de gente que comprou carro em 2009, financiado, na sua teoria o fez com dinheiro do governo, que emprestou dinheiro para os bancos aumentarem sua linha de crédito. O resto é bobagem.

  18. Alvaro Says:

    Uma pergunta: os demais 11 estádios vão ser 100% construídos com dinheiro privado?

    O único que vem garantindo isso é o Beira Rio, que esta semana já manifestou que não está conseguindo cumprir com sua promessa inicial. Ou seja, TODOS vão ter que recorrer a empréstimos do BNDES. Muitos outros vão ainda ter injeção adicional de dinheiro público direto.

    Ou seja, acusar o Morumbi de usar dinheiro público sem citar estes fatos é leviandade e querer que o SPFC consiga o que ninguém mais conseguiu. É, para falar o mínimo, total falta de coerência e sinaliza as reais e disfarçadas intenções de seus críticos.

    O custo total da reforma do Morumbi é significativamente menor que 9 dos 11 estádios então fica difícil de entender as críticas. Ele vai demandar apenas 2,9% da verba total do BNDES para os estádios. Se as pessoas realmente estivessem preocupadas com o uso do dinheiro público não atacariam tão intensamente só o Morumbi, afinal é o mesmo dinheiro do bolso de cada um que vai ser usado no Morumbi ou em Cuiabá, Manaus, Recife…

    Podem falar, argumentar o que quiserem, usando pseudo preocupações com o dinheiro público mas 99% dos críticos aqui se incomodam mesmo é com o fato de que o Morumbi vai ser reformado e a distância entre ele e os demais será gigantesca.

    Isso tá doente demais aos adversários que nem outra alternativa viável e mais barata conseguem dar afinal o mais importante para eles é tentar barrar a reforma.

  19. Henrique Castro Says:

    Caro Paulinho, sou frequentador deste espaço há pelo menos dois anos.

    Diariamente leio seus posts. Contudo, creio que por apenas duas vezes fiz intervenções neste espaço democrático.

    Hoje me sinto compelido a fazê-lo para reparar um grave equívoco seu e de alguns frequentadores deste blog.

    A meu juízo, há incoerência no trato da questão de “Dinheiro público para reforma do Estádio do Morumbi”, senão vejamos.

    Seguramente Paulinho o conceito de dinheiro público não é igual nem para mim nem para você.

    Antes de abordar mais a fundo minha posição, permita-me lembrá-lo que a administradora de cartões da bandeira Visa no Brasil (antiga Visanet e hoje Cielo) é gerida por uma empresa que possui capital público, uma vez que dentre os acionistas está o Banco do Brasil, sociedade de economia mista, pois detém parcela significativa de dinheiro público.

    Logo, podemos afirmar sem medo de errar que todos os Estádios Privados (o Palestra Itália, o Alfredo Jácome, entre outros) que possuem o setor Visa, tiveram as reformas de parte de suas instalações pagas com dinheiro público.

    Lembro, ainda, que jamais ouvimos qualquer menção a procedimento licitatório ou outra modalidade de certame.

    As obras simplesmente ocorreram e os clubes detentores das praças esportivas foram os maiores beneficiários, pois o valor do ingresso (ticket médio subiu a valores estratosféricos, algo como R$100,00 pelo setor).

    Lembro, também, que a Visanet foi utilizada para abastecer parte do esquema do Valerioduto, pois as agências de publicidade de Marcos Valério administraram contas publicitárias da antecessora da Cielo.

    Portanto Paulinho, peço uma maior reflexão sua acerca do tema, sob pena de sua opinião ficar restrita a algo tão superficial como a visão rasteira que se detém de um gramado recém aparado.

    Era o que me parecia adequado observar.

  20. Marcola Says:

    Melhor solução, estatiza o morumbi!!

  21. jefferson luis Says:

    So acrescentando o comentario: INTERNACIONALMENTE CONHECIDO conforme alguns sites estrangeiros na epoca noticiaram:

    “time que o ronaldo comprou para jogar”

    PARABENS CORINTHIANS O UNICO CLUBE QUE TEM UM JOGADOR MAIOR Q ELE HAHAHAHA

  22. Dr. Semprônio Says:

    Sr. Henrique Castro,

    noto boas intenções em seu comentário.

    Entretanto seus argumentos não procedem. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Não se pode comparar o dinheiro da Visanet com o dinheiro do BNDES.

    Infelizmente não tenho tempo agora para aprofundar meu argumento.

  23. Renato Says:

    A CANDIDATURA MORUMBI-2014 FOI IMPOSTA DE MODO ARBITRÁRIO, CONTRARIANDO A OPINIÃO PÚBLICA PAULISTANA.

    TRATAVA-SE DE UMA ESCOLHA IRRACIONAL, DEVIDO AO ANACRONISMO DO ESTÁDIO SÃOPAULINO E AO LIMITADO GANHO QUE TRARIA PARA A CIDADE DE SÃO PAULO – A QUAL APRESENTA INÚMERAS CARÊNCIAS, INCLUSIVE UM NOVO ESTÁDIO, DENTRE OUTRAS MUITO MAIS GRAVES.

    OS PARTIDÁRIOS DA CANDIDATURA MORUMBI JUSTIFICARAM A ESCOLHA ABERRANTE COM O MOTE: “NÃO SERÁ GASTO DINHEIRO PÚBLICO NO MORUMBI.” POR MAIS DUVIDOSA QUE FOSSE ESSA AFIRMATIVA, ELA ERA A ÚNICA TÁBUA DE SALVAÇÃO ARGUMENTATIVA DOS DEFENSORES DO MORUMBI.

    MAS ERA INEVITÁVEL QUE A VERDADE VIESSE À TONA, E QUE DESMENTISSE O ÚNICO ARGUMENTO PRÓ-MORUMBI. ENTRETANTO, NÃO SE ESPERAVA QUE A REVELAÇÃO FOSSE TÃO CHOCANTE:

    “São Paulo será o estado com maior montante a ser aplicado: R$ 3,4 bilhões. Apenas as obras do monotrilho “Linha Ouro”, pagas com recursos dos governos estadual e municipal, além de financiamento da CEF, custarão quase R$ 2,9 bilhões. A reforma do Morumbi, que será realizada com recursos do São Paulo Futebol Clube, está orçada em R$ 240 milhões.”

    http://contasabertas.uol.com.br/WebSite/Noticias/DetalheNoticias.aspx?Id=17
    - Reforma do estádio do Morumbi: R$ 240 milhões (a maior parte, financiado pelo BNDES).
    - Urbanização do entorno do Morumbi: R$ 315 milhões (erários municipal e estadual).
    - Construção do Monotrilho – Linha Ouro: R$ 2,860 bilhões (erários estadual e municipal).

    http://contasabertas.uol.com.br/website/noticias/arquivos/17_Matriz%20de%20Responsabilidades.pdf

    SÃO PAULO SERÁ A CIDADE-SEDE QUE GASTARÁ MAIS PARA RECEBER A COPA-2014.

    ESPECIFICAMENTE NO MORUMBI SERÃO GASTOS, SEGUNDO ESTIMATIVA APENAS PRELIMINAR, MAIS DE MEIO BILHÃO DE REAIS, MAJORITARIAMENTE DE RECURSOS PÚBLICOS (É IMPORTANTE TER SEMPRE EM MENTE QUE O MORUMBI É UM ESTÁDIO PARTICULAR, DO SPFC).

    A GRANDE OBRA QUE MARCARÁ A REALIZAÇÃO DA COPA DO MUNDO DE 2014 EM SÃO PAULO, AO CUSTO ESTIMADO PRELIMINARMENTE DE QUASE 3 BILHÕES, SERÁ O MONOTRILHO – LINHA OURO. LIGANDO, É DE SE PASMAR, O AEROPORTO DE CONGONHAS AO MORUMBI!

    A CIDADE DE SÃO PAULO ESTÁ PARANDO. ESTÁ SE DESMANCHANDO. AS PESSOAS EM SÃO PAULO ESTÃO SE ESTRESSANDO, ESTÃO SOFRENDO, ESTÃO ADOECENDO, ESTÃO MORRENDO. TUDO ISSO POR PROBLEMAS DE INFRAESTRUTURA.

    PORTANTO, NÃO É JUSTO, NÃO É RACIONAL, NÃO É MORAL, DESPERDIÇAR A REALIZAÇÃO DE UM EVENTO RARO E DE IMPORTÂNCIA INCOMPARÁVEL, COMO A COPA DO MUNDO, COM TODA GRANDIOSA MOBILIZAÇÃO DE ESFORÇOS E RECURSOS QUE PROPORCIONA, PARA PRODUZIR BENEFÍCIOS TÃO RESTRITOS; PRATICAMENTE, PARTICULARES, EM FAVOR DO SPFC.

    A COPA DO MUNDO É UMA FESTA POPULAR. A COPA DO MUNDO NÃO PODE SER A FESTA PARTICULAR DO SPFC.

    A COPA DO MUNDO DEVE DEIXAR UM LEGADO MATERIAL PARA O POVO PAULISTANO. A COPA DO MUNDO NÃO DEVE SERVIR APENAS PARA VALORIZAR O PATRIMÔNIO PARTICULAR DO SPFC.

  24. Marcos!100%tricolor 6-3-3 Says:

    Sempre entendi a posição do Blog… a favor do Morumbi e contra gastos publicos essa posição bate com a minha!
    … mas na iminência de realizar a copa aqui e falando de forma consciente de que haverá o gasto e a gente nada poderá fazer, qual a melhor opção?

    (não vale dizer que o melhor seria desistir da realização da copa, isso é tão óbvio quanto impossível)

  25. Marcos!100%tricolor 6-3-3 Says:

    E desde quando a gente se importa com que os hermanos dizem?

  26. Carlos Says:

    Paulinho, acompanho seu blog quase que diariamente e, p/ ser sincero, sou contrário a maioria de seus pontos de vista; mas até os respeito.

    Aos imbecis que acreditam que sua posição com relação ao Morumbi seria no intutito de favorecer o Corinthians, vale lembrar que não conheço blogueiro nesse mundo que seja mais oposicionista a atual gestão do Corinthians que o Paulinho, motivo pelo qual discordo muitas vezes de suas posições.

    Portanto, se tem alguém que torce contra p/ que um estádio fosse construído p/ o Timão logo na gestão Andres, esse alguém é o Paulinho, até porque ele vive criticando os poucos projetos que surgem nesse sentido.

    Então, vamos ser um pouco inteligentes e parar de tentar associar o veto ao Morumbi a uma suposta campanha de favorecimento ao Corinthians.

    Era só o que faltava: o Paulinho fazendo campanha pelo estádio do Corinthians a favor do Andres… como tem leitor burro! Tem pessoas que tem preguiça de raciocinar mesmo p/ insinuar um absurdo desses!

    Mais uma vez parabéns pelo furo jornalístico e pela informação verdadeira neste caso.

    Sugiro tb a alguns jornalistas fazerem um curso de ingles… evitariam passar vergonha, e seria útil p/ entender o que a Fifa diz, e não o que estes jornalistas torcedores desejam… não é Marcello Lima da JP? Ou Thales Calipo do UOL?

  27. Marcos ** Fora Andrés e Cambada !!! ** Says:

    Concordo PLENAMENTE !

  28. Marcos ** Fora Andrés e Cambada !!! ** Says:

    O problema é que POUCOS ganharão muito e MUITOS ganharão pouco .

    Não falo só em relação ao Morumbiba não , falo em relação a TODOS os estádios .

    No fundo , o Brasil não tem condições de realizar uma Copa do Mundo . Não por falta de condições técnicas , e sim por FALTA DE HONESTIDADE MESMO .

  29. Dr. Semprônio Says:

    Paulinho, o problema do Brasil são os brasileiros. Se o país tivesse sido colonizado por ingleses ou holandeses estaríamos numa situação bem melhor. A colonização portuguesa trouxe o que há de pior em termos de mentalidade para o Brasil.

    A partir de 1808, com a chegada da corte portuguesa ao Brasil, institucionalizou-se a troca de favores, o tráfico de influências, o “toma lá dá cá”, o “jeitinho”, o fisiologismo e o clientelismo. Todos queriam mamar nas têtas da Coroa e, depois da independência, da República.

    Com a transferência da capital para Brasília metade desta corja mudou seu domicílio, entretanto as duas cidades que melhor representam esta podre mentalidade são o Rio e Brasília.

    O sonho do funcionalismo público, da vida encostada ao barranco, da sombra, do ritmo lento das repartições públicas continua imperando.

    Em nenhum país do mundo há um culto tão forte ao apadrinhamento, ao sonho do concurso público. Note as manchetes diárias dos jornais: só se fala em concurso público. “Governo federal abre 100 mil vagas em concursos”: é o sonho da classe média se realizando e o PT engessando cada dia mais o Estado.

    No Brasil as classes menos favorecidas não fazem nada pois são ignorantes e sem instrução. Acreditam que tudo (inclusive a miséria) representa a vontade divina e tratam o Lulla como um messias salvador dos pobres. Recebem mensalmente esmolas e calam-se felizes.

    A classe média só pensa no próprio umbigo e no concurso público. Usa seu tempo livre com futilidades tipo “BBB” e pouco valor dá ao bem comum e à política. Não se revolta com o governo porque por ele é beneficiado. Não paga devidamente os impostos pois sabe que o dinheiro não será bem empregado. A classe média é minimamente instruída mas moralmente transviada. Acredita no “rouba mas faz” e no “jeitinho”, tenta tirar proveito de tudo. É corrupta e não percebe que o dinheiro dos escândalos é seu próprio dinheiro. É a diferença entre o público e o privado. A classe média sabe ler, escrever, interpretar os livros do Paulo Coelho e a revista Veja. Sonha com o concurso público e com o padrinho que arruma emprego e favores mas não tem compromisso com o bem-estar social; só pensa no próprio umbigo e faz vista grossa às atrocidades do governo.

    A classe mais abastada formada por coronéis, políticos e empresários não quer mudar nada porque senão as têtas do governo e os privilégios secariam. Não tem interesse na instrução dos pobres porque um povo instruído os tiraria do poder.

    A elite intelectual basicamente formada pela ala esquerdista da USP tem uma mentalidade ultrapassada e ainda acredita no fantasma do comunismo. Alguns são até bem intencionados mas inocentes demais. Precisam de um choque da realidade. Só nos resta esperar a troca de gerações.

    O partido do governo é maquiavélico, rasgou sua carta-proposta e aliou-se ao que de pior há no país. Avaliza mentiras e escândalos, engana o povo. Disso sabemos muito bem.

    A oposição está perdida e desunida.

    O movimento estudantil é vendido e comunista. Os jovens só querem saber de internet e amenidades.

    Os idosos, mais sábios e experientes, são jogados nos asilos do esquecimento.

    As igrejas se envolvem em escândalos sexuais, teorias comunistas, exploração de fiéis, cobrança do dízimo e compra de televisões.

    O judiciário é lento e despreparado. Tem medo do poder Executivo. O STF é uma filial do PT com membros comprometidos com a política ao invés da justiça.

    Os instruídos e bem intencionados como eu e você formam a minoria e se envergonham de um país tão caótico. E ficam pensando no que podem fazer para mudar isso tudo.

    Basicamente é isso.

    Assina

    Dr. Semprônio, Homem da Lei

  30. Dr. Semprônio Says:

    Muito pertinente o vosso comentário.

  31. ribamarbianchini.zip.net Says:

    Paulinho, você acaba de colocar uma pá de cal na discussão desse caso.
    Também entendo dessa forma, acho que o Morumbi pode sim ser a sede da Copa, que seja reformado, pois vai ser legal para os torcedores, que acabem com aqueles banheiros nojentos, que troquem aqueles bancos de madeira que são um perigo para os torcedores, que melhorem as rampas para dar acesso mais rápido, que tirem aquela bosta de vidros que enchem o saco, que melhorem a visão para os torcedores não tenham que tirar o pescoço do lugar para enxergar, que coloquem mais transporte, que tirem aqueles guardadores de carros que só enchem o saco, mas que o são paulo jf faça as gestões financeiras próprias e não meta a mão no nosso dinheiro.
    Minha posição é contra qualquer clube usar dinheiro público, viu.

  32. É TRICO-FLOR Says:

    OLHA DO QUE OS CERVÍDEOS GOSTAM:

  33. Keys Says:

    grana, meu filho. Sempre é sobre dinheiro…o mundo estará voltado para a abertura da copa…Nem que fosse por 1 partida apenas, além da visibilidade, tem o turismo e todos os empregos gerados…Além do estado levar o transporte de massa para essa região, que já estava previsto no plano de expansão do metropolitano desde antes do Brasil ser escolhido como sede da copa.

    Pacaembu?? Se o Morumbi dizem que é irreformável, o que seria do Pacaembu???

    aliás, falando em grana…qual o problema de ter o bndes financiando o projeto?? Ao contrário do que falam não é dinheiro público DADO para reforma do estádio…é dinheiro EMPRESTADO que será pago pelo Sao Paulo FC e seus investidores…de onde veio essa baboseira de dinheiro público injetado no estádio?? a vantagem de pegar um EMPRÉSTIMO do bndes são os juros MUITO mais baixos do que os praticados pelo mercado…

  34. Alvaro Says:

    Folha de São Paulo – Painel FC (11/02/10)

    EDUARDO ARRUDA painelfc.folha@uol.com.br

    Olho no olho

    Na apresentação do projeto do Morumbi à Fifa em Zurique, anteontem, a qual credenciou o estádio para a semifinal, a avaliação é que o principal problema ainda é a curva de visibilidade, ou seja, os pontos cegos no anel inferior. Apesar de o novo projeto ter melhorado as condições, a angulação, de acordo com a Fifa, ainda não é a ideal. Por isso, o escritório de arquitetura alemão GMP, que até agora prestou consultoria ao São Paulo, foi requisitado para executar aspectos técnicos do projeto e tentar solucionar o problema.

    Uma das alterações feitas no projeto do Morumbi mudará radicalmente a estrutura do estádio. O anel inferior, onde ficam cabines de TV e rádio, desaparecerá e o anel intermediário será estendido até o gramado.

    O comitê paulista da Copa-14 também ampliou a área de segurança para o estádio, onde haverá bloqueios nos dias de jogos do Mundial. A mudança agradou à Fifa.

  35. Marcelo Abdul Says:

    Paulinho. O que você pensa sobre o Morumbi eu concordo 100%. Só que ambos sabemos que isso não vai acontecer infelizmente.

    Essa vai ser a “Copa das empreiteiras”.

  36. Luis Jorge Araujo Junior Says:

    E tinha bairrista que SONHAVA que ainda podia fazer a final ACORDEM final é NO RIO ,onde vai ser a olimpiada e na cidadeque emsmo com todos seus problemas atrais 1 quinto de TODOS OS TURISTAS QUE VIAJAM AO BRASIL!!!!

  37. José Humberto Says:

    MORUMBI?????? NUNCA!!!! FORA DA COPA.

    Estádio NOVINHO EM FOLHA SÓ DO TIMÃO.

  38. Marcelo Abdul Says:

    Legal.

    mas vocês precisam primeiro pagar aluguel do Pacaembu né? Da água, da luz.. rss

  39. Vander Says:

    De tudo o que foi dito e das babaquices proferidas a respeito desse assunto, o melhor comentário e realmente mais pertinente foi o seu….parabéns pela posição.

  40. ribamarbianchini.zip.net Says:

    Paulinho, as vendas que mais deram certo no são paulo jf foram as marmitas de grama que os torcedores engomadinhos esgotaram as 300 unidades em apenas um dia, entendo que o são paulo jf deveria aproveitar o estado péssimo do gramado do Morumbi e lançar a 2ª edição das vendas que seria o maior sucesso, afinal qual bxxxi não adora uma baciada de capim.
    O Zé Vomito por exemplo, iria reservarumas 10, viu.

  41. Vander Says:

    De novo o comentário mais lúcido!!! Só não concordo com reformar o Pacaembu, acredito ser tbm inviável para Copa e como corintiano tbm sou contra se fazer um estádio com recursos públicos e doá-lo ao Corinthians. Se a diretoria ou as diretorias do Corinthians não fossem tão imcompetentes um acordo com uma instituição privada, como uma construtora já poderia ter sido feito e um estádio, privado, para o Corinthians já poderia estar de “pé”.

  42. Corinthiano Says:

    Os cervideos na verdade gostam mesmo é de uma boa _iadagem,com beijo na boca e tudo mais,o raça da mulesta esses modinhas.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.
    saopaulininhos os mais frescos.

  43. mucio rodolfo Says:

    A são paulinada ficou tão mal acostumada com os elogios gratuítos por parte da midia colaboracionista que qualquer critica, por pequena que seja, acaba deixando-a transtornada. Todo jornalista que mostra que nem tudo é perfeito no quintal de Dona Vilma é qualificado como agente das forças do mal tentando destruir aquele reino encantado. Alguns acusam o dono do blog de estar a serviço do Corinthians. É a teoria da conspiração elevada a última potência. O cidadão, que diariamente os alimenta com notícias ruins do Corinthians para que se divirtam e postem comentários cheios de chacotas, agora é visto como um inimigo!

  44. DUALIB Says:

  45. DUALIB Says:

  46. DUALIB Says:

  47. Filipe Says:

    O Estado sempre aparece pra dar dinheiro ao futebol na hora do aperto. Vide timemania. Então por que não atacar a raíz do problema? O morumbi usar dinheiro público ou não é consequencia de anos de praticas do tipo. E os jornalistas sempre foram coniventes e omissos.

  48. DUALIB Says:


  49. DUALIB Says:

  50. DUALIB Says:

  51. DUALIB Says:

  52. Marcos ** Fora Andrés e Cambada !!! ** Says:

    O berro do JEGUE HÉLDER .

  53. Vinicius Says:

    FALOU TUDO!!!
    Pena que não responderam sua pergunta!!

  54. Vinicius Says:

    Tudo bem Paulinho.
    Não quero me ater a este discurso acusativo de que você defende o Morumbi ou não, conduto, você esqueceu só um pequeno detalhe: DA ONDE VOCÊ TIROU ESSA NOTÍCIA DE QUE O MORUMBI FOI RECUSADO E QUE A POSIÇÃO DA FIFA QUANTO AO NOVO PROJETO FOI UM DESASTRE????
    Não questiono o poder e verarcidade de TODAS AS MÍDIAS que noticiaram o contrário, no entando, se isto fosse verdade você ficaria RICO vendendo esta “verdade” a qualquer jornal.
    Segundo, é fácil vir no blog, escrever qualquer coisa, e quando perguntado a respeito da procedência dessas informações voce diz: “São minhas fontes”…
    Para..
    Você como JORNALISTA tem coragem de falar isso?
    Hoje mesmo o JJ não só reinterou o que todos os jornais escreveram como desdenhou dos demais estádios.
    E isso é outro ponto em questão.. se o Morumbi está longe do ideal o que dizer dos demais estádios???
    E concordo com o texto simples e objetivo de um companheiro internauta… TANTO PARA RECONSTRUIR COMO CONSTRUIR ESTÁDIOS, PAULINHO, não tenha a menor Dúvida de que DInhEIRO Público estará envolvido.
    Sua fantasia de mundo perfeito não passará nem perto desta COPA realizada no Brasil, onde todos os estádios e custas da competição serão feitos por iniciativa privada. É isso que você espera?
    Acorde e opine com critério, pois não dá pra aguentar você choramingando mais 4 anos sobre isso.

  55. JOSÉ EDUARDO PIMENTA Says:

    COMEMORAÇÃO NA NUMERADA ONTEM, DEPOIS DA CONFIRMAÇÃO DO MORUMB_X_ NA COPA:

  56. JOSÉ EDUARDO PIMENTA Says:

    COMEMORAÇÃO NA NUMERADA ONTEM, DEPOIS DA CONFIRMAÇÃO DO MORUMB_X_ NA COPA:

  57. jefferson luis Says:

    Tipo este tipo de beijo corinthiano, olha como essas bibas se beijam

    e esta também:

    Responde ae Gayviona da Fiel

  58. Fabio Queiroz Says:

    Exatamente Robert.

    Clube de futebol, seja SPFW, Corinthians, Palmeiras não paga ninguém, devem ao governo e esperam ter um perdão, álias tem sempre o perdão.

    Se sair empréstimo pra um, tem que emprestar pra todos, independente de Copa do Mundo…mas aí vira circo, vira farra.

  59. Vinicius Says:

    HAHAHAHAHA
    Uma das maiores piadas que ja vi na internet

  60. jefferson luis Says:

    Vai Gavião hahaha

    Gol que nenhum são paulino como eu esquece e na casa dos Porks ainda hahaha

    Corinthians e Palmeiras, a globo deveria colocar os jogos de vcs no sab a noite no lugar de um programa de humor…

    comédias hahaha

  61. jefferson luis Says:

    Com certeza DUALIB a globo esta junto nessa com vcs

  62. Márcio Says:

    A CIDADE DE SÃO PAULO PRECISA DE UM NOVO ESTÁDIO.

    LONDRES possui 7,5 milhões de habitantes.

    Estádios :

    1 – Wembley Stadium (capacidade: 90.000 pessoas)

    2 – Twickenham Stadium (rugby capacidade: 82.000 pessoas)

    3 – Emirates Stadium (capacidade: 60.000 pessoas)

    4 – Stamford Bridge (capacidade: 42.449 pessoas)

    5 – White Hart Lane (capacidade: 36.214 pessoas)

    6 – Boleyn Ground (capacidade: 35.056 pessoas)

    Além dos citados, há ainda os estádios do Charlton, do Fulham, do Millwall, etc, totalizando 13 ESTÁDIOS PARA 20.000 PESSOAS OU MAIS.

    (http://www.worldstadiums.com/europe/countries/united_kingdom/england/london.shtml)

    —————————————————

    BUENOS AIRES possui 3 milhões de habitantes.

    Estádios :

    1 – River Plate (capacidade: 66.449 pessoas)

    2 – Boca Juniors (capacidade: 57.446 pessoas)

    3 – Racing (capacidade: 51.389 pessoas)

    4 – Velez Sarsfield (capacidade: 49.747 pessoas)

    5 – Huracan (capacidade: 49.747 pessoas)

    6 – San Lorenzo (capacidade: 42.000 pessoas)

    Além dos citados, há mais 8 estádios com capacidade superior a 20 mil, perfazendo um total de 14 ESTÁDIOS COM CAPACIDADE SUPERIOR A 20.000 PESSOAS.

    (http://www.worldstadiums.com/south_america/countries/argentina.shtml)

    —————————————————

    SÃO PAULO possui 11 milhões de habitantes (20 milhões, se considerada a área metropolitana).

    Estádios:

    1 – Morumbi (capacidade: 73.501 pessoas)

    2 – Pacaembu (capacidade: 37.585 pessoas)

    3 – Estádio USP (desativado – capacidade: 30.000 pessoas)

    4 – Palestra Itália (capacidade: 28.599 pessoas)

    5 – Canindé (capacidade: 19.717 pessoas)

    6 – Pque. S. Jorge(desativado-capacidade: 18.386 pessoas)

    Ou seja, em São Paulo SÓ EXISTEM 4 ESTÁDIOS COM CAPACIDADE SUPERIOR A 20.000 PESSOAS (sendo que um está desativado…)

    —————————————————-

    Conclusão:

    É ÓBVIA,

    É ESCANDALOSA,

    É INSOFISMÁVEL,

    É URGENTE A NECESSIDADE DE MAIS UM ESTÁDIO NA CIDADE DE SÃO PAULO.

    É uma falácia afirmar que “São Paulo já tem estádios demais…”

    São Paulo não possui sequer um estádio decente para a Copa de 2014.

    São Paulo não possui um estádio que possa abrigar a maior torcida da cidade, uma das maiores torcidas do mundo: a torcida do Corinthians.

    São Paulo não possui arenas modernas para grandes shows e festivais.

    Quem afirma que “São Paulo tem estádios demais e não precisa fazer mais um” é muito mal informado…

    Ou é anticorinthiano, e quer que o Corinthians continue pagando caro para ficar mal acomodado e apertado no Pacaembu…

    Ou é são-paulino, e não quer que o anacrônico Morumbi “perca essa boquinha” de ser o estádio da Copa de 2014 e que deixe de praticamente monopolizar todos os grandes eventos da cidade.

  63. Cleiton Ferreira Says:

    Enquanto eles não construir com dinheiro público, um estádio milionario para o time da marginal e para lavar dinheiro
    eles não vão dar sossego
    AO PROJETO MORUMBI 2014.

  64. Legiao Gay - Time Oficial da Vila Sonia Says:

    Vai embromar em outra freguesia 171.

  65. TRI-MUNDIAL Says:

    Me responda uma pergunta então: que clube tem condições de utilizar recursos próprios para reformar/construir um estádio para a copa ?

    Pelo que me consta o SPFC pegará 150 milhões do bndes e pagará por isso, sendo que 150 milhões não é nem a metade do valor necessário para a reforma…o restante sim virá da iniciativa privada e do próprio clube…

    Temos que analisar a situação como um todo, e não sair alardeando que o clube utilizará dinheiro público para reformar o estádio.

    Sem dinheiro público = sem copa no Brasil !

    Lembre-se que a copa deixará um “legado” muito bom para o país…
    Dinheiro público jorra o tempo todo e não será a copa que irá “falir” o país…vide caso Arruda…

    Um abraço

  66. Hilário Says:

    é pra rir né?

    hahhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahahahahahhahhahhhahahhahaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaasdsadadasdasddadakkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkahhahahhahhhhhhhhhhhhhahhahahhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahaha

  67. PADRE QUEMEDO Says:

    estadio pru curintcha? ISSO NON EXCISTE!

    HAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAA
    HAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAAHAHHAAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHAHAHHAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHAHHAHHAHAHHAHHHAHAHHAHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHHAHAHAHAHHAHHAHAHAHADAAAAAAAKAAAKAKKAKAKAKKAKAKKAKAKKAKAAKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKAAAA

  68. wiliam Says:

    Pacaembu está tombado.

  69. wiliam Says:

    Nossa, que conclusão inteligente.

    Procure um terreno para construir um estádio aqui em SP?
    Aliás, se você é paulistano sabe o transito que é em SP e hoje, para construir um conjunto comercial, dependendo do porte, precisa de aval do CONTRU, BOMBEIROS, SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE e ATÈ DA CET. Imagine desapropriar então?

    Tamanho impacto que causa na rotina da cidade, imagine então um elefante branco, que só vai ser usado na copa?
    São Paulo é a maior cidade da américa do sul, muito maior que as cidades acima citadas.

    Londres tem mais estádios, por que lá os clubes eram fortes antigamente e os estádios, para sua surpresa estão lá a muito tempo, ou foram reformados ou demolidos e recontruidos, ou seja, não houve desapropriação.

    Quanto a Buenos Aires, não dá nem para comparar, São Paulo não comporta mais um estádio, por motivos óbvios de falta de local e de saturação.

    Aliás a conta é lógica, as cidades citadas possuem mais estádios, por que possuem mais clubes. Aqui temos na capital 4 clubes dito grandes, 3 deles possuem estádios que recebem jogos, um deles nem treino faz.

  70. GUERI GUERI Says:

    PAPO RETO , CERVÍDEO:
    NÃO SE FAZ UM NOVO ESTÁDIO NA CIDADE PQ A B_X_ARADA MANDA NA PREFEITURA.
    PONTO FINAL.

  71. wiliam Says:

    Risos,

    Gueri Gueri (me chamar de cervideo, puta nome másculo para usar de Nick) É verdade, mandamos na prefeitura, governo, presidencia (sim o Lula é um de nós), mandamos no OBAMA, no Chavez, no PUTIN, na CIA, FBI, até na sabesp e eletropaulo, que foram cortar a agua e luz do corinthians.
    2012 é o ano do fim, por isso, não quebre corrente com nome de menina morta, não use celular, senão ele frita seu cérebro, não tome leite com manga, nós sabemos de tudo, mandamos em tudo.

  72. Mauro Says:

    DIRETO DO TÚNEL DO TEMPO (PEGA NA MENTIRA)

    Repórter: “Mas o senhor acha certo o Morumbi ser reformado com o dinheiro do BNDES?”

    Kassab: “A boa novidade é que o dinheiro não virá do BNDES. Já estive em contato com a diretoria do São Paulo. Posso antecipar a você que o dinheiro virá dos patrocinadores. Integralmente. Os contatos aconteceram recentemente. Será a iniciativa privada que bancará a reforma do Morumbi. Isso será ótimo para todos.”

    http://blogs.r7.com/cosme-rimoli/2009/09/28/kassab-%e2%80%9cbelo-horizonte-e-brasilia-podem-esquecer-a-abertura-da-copa-sera-em-sao-paulo-eu-garanto-%e2%80%9d/?cp=1

  73. Alvez Says:

    O dinheiro público (se houver) no Morumbi virá de empréstimo do BNDES. Ou seja, será concedido mediante garantias reais e deverá ser pago com juros. Se não pagar se ferra. Ora, qualquer empresa hoje pega empréstimos no BNDES! Temos até o cartão BNDES! Já conhece? Ruim mesmo vai ser os empréstimos para as obras em estádio públicos. Aí vai ser dinheiro que não volta, já que os estados já devem de qualquer jeito pro governo federal e se for ter alguma garantia real vai ser coisa pública, ou seja, erguida com nosso dinheiro.
    Minha empresa já fez dois empréstimos no BNDES e hoje utiliza o cartão BNDES. Por quê São Paulo, Inter e Atlético-PR não podem tomar empréstimo junto ao banco????????????

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: